Praça da Portagem da Autoestrada A1 em Alverca, Portugal

Toll Square of Motorway A1 at Alverca, Portugal

Estudo: Elaboração de estudo com a análise da estabilidade e estabilização do talude, incluindo conduta da EPAL instalada junto à crista.

 

Local: Alverca, Portugal.

 

Cliente: EPAL, Empresa Portuguesa de Águas Livres.

 

Descrição: A instabilização do talude da Praça da Portagem da Autoestrada A1 em Alverca ocorreu a partir das obras de alargamento da plataforma da autoestrada para instalação das portagens. Nessa altura, quando se procedia a cortes para reperfilamento do talude, verificou-se a ocorrência do escorregamento duma parte superior do maciço. Atendendo à presença da conduta de água da EPAL, que se encontrava implantada no topo do talude, este talude foi estabilizado com a construção de diversas estruturas de betão armado ancoradas. O maciço, constituído por formações de margas e calcários, tinha uma estrutura do tipo lamelar, bastante regular, marcada pela presença de diversas camadas, de muito reduzida espessura, de materiais argilosos. A orientação geral das camadas correspondia a um ângulo da ordem de grandeza de 15 a 20° com a horizontal. Embora as formações que constituiam o maciço apresentassem apreciáveis características de resistência ao corte, a presença das camadas argilosas determinou a existência de planos de fraqueza geometricamente muito bem definidos. Foi ao longo desses planos que se desenvolveram as superfícies de deslizamento.  

 

Gabinetes envolvidos: CONSULGEO (geotecnia); CÊGÊ (geologia).

 

Estudo da CONSULGEO: Análise da estabilidade de talude; Projecto de estabilização do talude; actualização e interpretação dos resultados da monitorização de talude.

 

Data do Estudo da CONSULGEO: 1997-2001.

Study: Stability analysis and stabilization of the slope, including the EPAL water pipeline installed along the crest.

Location: Alverca, Portugal.

Client: EPAL, Empresa Portuguesa de Águas Livres.

Description: The instability of the slope from Toll Square of Motorway A1, at Alverca, occurred during the works for the extension of the platform for the installation of the tolls. At that time, when slope was being cut, a landslide occured. Given the presence of the EPAL water pipeline, which was located at the top of the slope, this slope was stabilized with the construction of various anchored concrete structures. The slope, consisting of formations of marl and limestone, had a structure of lamellar type, fairly regular, marked by the presence of several layers of very small thickness, of clay materials. The general orientation of the layers corresponded to an angle of 15 to 20 ° to the horizontal. Although the formations presented considerable shear strength characteristics, the presence of clay layers determined the existence of weakness plans very well defined. It was along these plans that the sliding surfaces were developed.

Offices involved: CONSULGEO (geotechnics); CEGE (geology).

CONSULGEO study: slope stability analysis; design of slope stabilization; updating and and interpreting the updated slope monitoring results.

Date of CONSULGEO study: 1997-2001.

© CONSULGEO, Consultores de Geotecnia Lda.