Talude km 68+500 Autoestrada A8, T. Vedras-Bombarral, Portugal

Slope at km 68+500 Motorway A8, T. Vedras-Bombarral, Portugal

Estudo: Elaboração do Projecto de estabilização do aterro.

 

Local: Torres Vedras-Bombarral, Portugal.

 

Cliente: Autoestradas do Atlântico.

 

Descrição:A zona instabilizada corresponde ao trecho da Autoestrada A8 ao km 68+500, onde esta se desenvolve a meia encosta, em perfil misto, encontrando-se assim a faixa Sul-Norte em escavação e a faixa Norte-Sul em aterro. Os terrenos interessados pertencem ao Jurássico Superior e são litologicamente constituídos por grés e argilas. O aterro tinha uma espessura variável, iniciando-se na faixa Sul-Norte e atingindo uma altura máxima da ordem dos 10-12m na berma do lado Oeste da faixa Norte-Sul. A instabilização correspondeu a um escorregamento com espessura de 10 a 15m, na zona da berma; a espessura do escorregamento diminuía, conforme se baixava na encosta, para valores de 5 a 9m. A superfície de escorregamento situava-se cerca de 2 a 3m abaixo da cota de fundação do aterro da autoestrada. Como consequência, a faixa Norte-Sul da autoestrada foi encerrada.

 

Gabinetes envolvidos: CONSULGEO (geotecnia); CÊGÊ (geologia), Cotrepol (traçado).

 

Estudo da CONSULGEO: Projecto da solução de estabilização do talude de aterro com a execução de diversos trabalhos, incluindo: execução de um cordão de enrocamento encostado ao muro de gabiões existente junto à base do aterro; retirada de parte do aterro existente nas cotas superiores, depositando-se os respectivos materiais na zona do pé do talude; execução de uma contenção na zona do separador da autoestrada, com um desenvolvimento de cerca de 74m, para manter em serviço as duas vias da faixa Sul-Norte durante as obras de reparação; reconstrução parcial do aterro instabilizado. Simultaneamente foi implantado um sistema de observação.

 

Data do Estudo da CONSULGEO: 2001.

© CONSULGEO, Consultores de Geotecnia Lda.