Sistema de fundação STEELROOT

Foundation system STEELROOT

Estudo: Elaboração de metodologias para as verificações de segurança de âmbito geotécnico dos sistemas de fundação.

 

Local: Portugal.

 

Cliente: Steelroot, Foundation Systems.

 

Descrição: A Steelroot, Foundation Systems, desenvolveu sistemas de fundação constituídos por tubos metálicos cravados, isoladamente ou em conjuntos de dois, três ou quatro tubos, funcionando em conjunto. Os tubos metálicos de fundação considerados isoladamente são tipicamente de diâmetro exterior da ordem de 50 a 80mm, com espessura da parede da ordem de 4mm. Estes tubos, abertos na ponta, são cravados por pressão ou impacto. Para aumentar a sua resistência às acções transversais, estes tubos podem ter acopladas lateralmente, na zona mais superficial, duas, três ou quatro abas, também metálicas. O comprimento típico destes elementos de fundação é da ordem de 1.5 a 2.5m, sendo este comprimento fundamentalmente limitado pelos meios (ligeiros) disponíveis em obra para a sua cravação. Quando utilizados em conjunto, os tubos metálicos são ligados, apenas na zona superficial, a um troço tubular central de diâmetro exterior da ordem de 50mm a 140mm.

 

Gabinetes envolvidos: CONSULGEO (geotecnia).

 

Estudo da CONSULGEO: Elaboração de programa de cálculo e manual de utilização incluindo soluções expeditas para a realização das necessárias verificações de segurança às acções axiais e transversais, tanto para os Estados Limites Últimos, como para os Estados Limites de Utilização.

 

Data do Estudo da CONSULGEO: 2014.

Study: Development of methodologies, in the geotechnical scope, for security check of foundation systems.

 

Location: Portugal.

 

Client: Steelroot, Foundation Systems.

 

Description: Steelroot, Foundation Systems, developed foundation systems composed by driven steel tubes, individually or in sets of two, three or four tubes, working together. The steel tubes, when working individually, have typically an outer diameter of the order of 50 to 80mm, with 4mm wall thickness. These tubes, open at the tip, are driven by pressure or impact. To increase its resistance to transverse actions, two, three or four steel tabs may be coupled laterally in the superficial zone. The typical length of these foundation elements is of the order of 1.5 to 2.5m, which is fundamentally limited by the (light) means available on site for the driving process. When used in groups, the steel tubes are connected, only in the superficial area, to a central tubular section having an outer diameter of 50mm to 140mm.

 

 

 

 

Offices involved: CONSULGEO (geotechnics).

 

CONSULGEO study: Development of a design software and operation manual including expeditious solutions to carry out the necessary safety checks to axial and transverse actions, both in Ultimate Limit States as in Serviceability Limit States.

 

 

Date of CONSULGEO study: 2014.

© CONSULGEO, Consultores de Geotecnia Lda.